27/07/2017

Como cair na real com o livro da Marie Kondo

Esse post não é uma resenha literária, pelo menos não uma resenha comum, hoje eu só vim contar pra vocês como Marie Kondo deu um tapa na minha cara com um livro sobre organização da casa!

Leia também:

Quando esse livro virou modinha, eu logo tratei de baixar ele no meu Kindle, sou uma pessoa super desorganizada e vivo buscando métodos de organização, principalmente com as tarefas do lar.

A leitura começa de forma leve e bem interessante, com o conceito de "menos é mais" e "tenha só o que te traz felicidade". E até aí tudo bem!

Marie Kondo é minimalista, ela quer que você veja o tanto de coisas que você tem e que não te trazem felicidade, mas essa coisa do "fazer feliz" me fez torcer o nariz pro livro, achei meloso demais, desnecessário e meio forçado.

Continuei lendo, porque eu odeio deixar um livro pelas metades, mas no meio da leitura eis que Marie Kondo diz que a bagunça externa da sua vida reflete a sua bagunça interna, e foi aí que eu cai no choro!

Eu chorei feito criança lendo um livro de organização de casa!!!!

Eu chorei porque lendo aquele livro eu percebi o tamanho da minha bagunça interna e, quem sabe não era por isso que minha vida externa vivia bagunçada também, Marie te faz passar por uma análise mental de todos os aspectos da sua vida, e gente estamos falando de um livro de organização da casa. É genial!

Claro que depois desse livro eu fiz um destralhamento da minha casa, joguei fora um caminhão de coisas, livros, roupas, sapatos e todo tipos de papelada e tranqueiras que eu guardava sabe-se lá porquê.

Mas a lição mais importante desse livro, que me fez cair na real - na real da vida e de como eu quero viver daqui pra frente - é sobre amar tudo o que a gente tem! Eu achei meloso no começo, achei piegas e dramático demais, mas hoje eu concordo plenamente com ela, prova disso são esse dois posts aqui:
Amar as nossas coisas não é materialismo, como eu julgava ser. Pelo menos não quando você tem apenas o necessário e ama tudo o que tem, quando sabe o valor das coisas, quanto elas te custaram, que tipo de satisfação ela traz pra sua vida. 

Hoje eu vejo tudo diferente, eu olho pra minha casa, para os móveis, minhas roupas e sapatos, e eu amo tudo! Aquelas coisas me trazem felicidade. Meu sofá duro me traz felicidade, minhas plantinhas me trazem felicidade, meus 10 pares de sapatos me trazem felicidade! 

Afinal ser feliz não é o objetivo da nossa vida? Então porque não buscar felicidade em objetos? 

Busquemos felicidade em tudo! E leiam A mágica da arrumação de Marie Kondo!!
Obrigada e de nada!

5 comentários so far

  1. É por essas e outras que a escrita e a leitura são minhas artes favoritas! <3
    Incrível como uma mensagem alcança cada pessoa de uma forma diferente.
    Super concordo com sua conclusão!

    Me chama de Bella

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É clichê, mas a literatura é um mundo mágico né?!!
      Tb acho incrível como cada um vê uma mensagem assim e acaba mudando a vida por causa de um livro. Ler é demais! Eu adoro!

      Excluir
  2. Olá!
    Eu li os dois livros da Marie e gostei bastante, mas leia o "Casa organizada da Thais Godinho" simplesmente melhor que os dois da Marie juntos!
    Devorei os 3 livros e fiz um bom destralhe no fim do ano passado, acredito que estava tentando "organizar minha bagunça externa e interna" antes de conseguir realmente fazer o término do meu relacionamento.
    E foi ótimo eu ter feito isso antes dessa mudança na minha vida.
    Passei a dar muito valor para as minhas coisas, é gostoso ver nossos objetos que trazem algum tipo de felicidade.
    Estou em um momento de decorar meu ap de forma simples e barata e de adquirir mais plantinhas e tem me feito um bem danado!
    É muito bom ter em casa só coisas que amamos.

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Paula, Paula, Paula, sua danadinha, sua influenciadora, acabei de passar o cartão e comprar o livro da Thais Godinho, e já tou louca pra ler, só pelo comentário que postou aqui, depois faço minha resenha aqui. Muitooooo obrigada pela recomendação!

      Excluir
  3. Eu comecei a ler e parei porque também achei ele muito meloso em relação às coisas. Sou extremamente organizada e, às vezes, fico frustrada porque não tenho nada para arrumar em casa hihihi.

    Bj e fk c Deus
    Nana
    http://procurandoamigosvirtuais.blogspot.com

    ResponderExcluir

Olá seja bem vinda aos comentários do blog Depois que você se foi.
Fique a vontade para comentar, então deixe abaixo a sua opinião sincera sobre esse post.
Volte sempre!

Depois que você se foi © . Todos os Direitos Reservados - Por: Gardenya Barbosa.