05/07/2015

{Filhos} Como desmamar meu filho?


Dia 26 de junho de 2015, essa data vai ficar marcada para sempre como o dia em que decidi desmamar meu filho! Ele que esta completando 1 ano e 2 meses, estava literalmente me sugando, ele mamava a noite toda, e isso me deixava cansada, sempre com sono e com muitaaaa fome. 

Sou super a favor da amamentação, meus dois filhos mamaram no peito por mais de um ano, mas chega um momento que nós não aguentamos mais, eu cheguei nesse ponto no inicio do mês passado, mas a decisão de realmente tirar o peito de vez é muito difícil, eu me senti uma verdadeira bruxa má, por fazer uma 'maldade" dessas com meu filho, mas vi que tinha que escolher entre continuar amamentando ou reaver minha alta estima. 

Quem amamenta sabe como a fome e devastadora em nossas vidas, eu comia feito um trabalhador braçal, parecia que eu estava sem comer por dias, e para mim que estou acima do meu peso ideal, nem podia pensar em regime, pois só de ficar sem tomar café da manhã eu passava mal na hora do almoço, com fraqueza, tontura e tremedeira. 

O que me fez realmente decidir que queria parar de amamentar foi o fato de eu querer muito voltar ao meu peso de antes da gravidez. A própria gravidez já modifica, e as vezes danifica, todo nosso corpo e não conseguir voltar ao peso de antes, esta me deixando depressiva, por isso decidi que o João Bernardo pode muito bem ir se virando com a comida normal que ele já come e com o leite em pó com cereais que estou introduzindo na alimentação dele agora.


Como desmamar?

Para desmamar a Duda, minha vó mandou eu passar a baba da Babosa no peito, ela tem o cheiro muito forte, fedido e ainda tem um gosto super amargo, mas não faz mal se ingerido. Foi tiro e queda, ela que tinha 1 ano e 4 meses na época, vomitou muito com o gosto amargo e nunca mais quis saber do peito.

Para desmamar o João Bernardo eu pensei que passando a Babosa resolveria, mas o danado do moleque mamou como se eu tivesse passado mel no meu peito, então resolvi dar a folha pra ele comer e ele mordeu e mastigou como se fosse um pedaço de maçã. Fiquei desesperada, pois é mil vezes mais difícil desmamar quando seu filho ainda quer muito o seu peito, quando ele toma nojo, raiva ou medo do peito o processo fica mais fácil, pelo menos para nós mães. 

Foi no desespero que recorri novamente a minha vó, que sabiamente me indicou o pó de café misturado com um pouco de água, faz a mistura que vira uma borra preta e passa em todo o peito. Meu peito ficou bem preto, e na hora que tirei pra ele mamar ele já estranhou, mas colocou a boca assim mesmo, como o café puro também é amargo e ainda tem uma cheiro forte, ele fez cara de nojo e não quis mais o peito de jeito nenhum. Fiquei passando a borra por dois dias, já que quando ele pedia o peito eu mostrava e ele via que estava preto e fedido e já desistia. Hoje tem uma semana que desmamei e sinto que quem mais esta sofrendo com isso tudo sou eu, sinto falta de amamentar, de quando eu estava no sofá e ele vinha sentar no meu colo pedindo peito, de como ele revirava os olhos quando mamava, aff mãe só sofre né!!!

Efeitos Colaterais:

Meus seios estão enormes e muito doloridos, teve dias que não conseguia nem fechar o braço, mas já estou sentindo eles amolecerem um pouco, acho que o leite esta secando, quando secar de vez (pode levar até 30 dias) vou ter que comprar sutiãs novos, pois sinto que vão diminuir significativamente, já notei que tenho comido 60% menos que antes e nem estou fazendo regime, só voltei ao normal.

Se você esta pensando em desmamar e não sabe se é a hora certa ou como fazer, segue  minhas dicas que elas são batatas, pra quem acha que desmamar assim, pode causar algum trauma na criança, eu só digo uma coisa: quem fica traumatizada é a mãe, que sofre por não poder amamentar mais, o João já nem lembra de peito mais. 

A única diferença que notei no meu filho depois que desmamei é que ele ficou mais nervoso, principalmente na hora de mamar, acho que é porque antes, quando ele queria mamar eu só tirava o peito e o leite estava ali, pronto e quentinho, agora ele tem que esperar eu preparar e esquentar pra ele e isso torra a paciência dele. Logo logo ele se costuma com isso. 

Ah, quero deixar claro aqui, que eu não recomendo o desmame antes de um ano, acho pura judiação, até mesmo quando temos que voltar ao trabalho, eu voltei ao trabalho e continuei amamentando, ele se acostumou a ficar sem mamar durante o dia na creche e eu continuei dando o peito depois que buscava ele de lá e ia pra casa. Isso deu super certo durante longos meses.

Agora começa uma nova etapa da vida de mãe onde eu e ele vamos ter achar outra forma de nos conectar, além do peito.

4 comentários so far

  1. Anônimo6/7/15 09:59

    Olá Gardenya, curto muito o seu blog e fiquei super feliz que você voltou a postar! Estou adorando os posts sobre o Capsule Wardrobe. Mas só uma dica, sou psicóloga, especializada em desenvolvimento infantil e não é bom para a criança adquirir sentimentos de nojo, raiva ou medo do peito materno, mesmo que o objetivo seja desmamar. Eu sei que você está falando de uma experiencia que deu certo para você, mas como o seu blog é um meio de comunicação, é preciso ter cuidado ao passar algumas informações ao público. Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi querida, obrigada por sua opinião, como psicologa vc deve estar querendo me matar né rsrsrs. A verdade é que realmente eu não tenho nenhuma formação nessa área e para lidar com as coisas de mãe eu só uso minha experiência de vida mesmo, e as da minha vó hehehe.
      Quando eu estava pesquisando sobre como desmamar meu filho eu encontrei muitos sites avisando sobre o trauma gerado na criança, e como é mais recomendado usar o desmame gradual, quando a gente vai tirando o peito aos poucos e pode levar meses, anos e etc. Mas com a Duda eu já tinha feito um desmame bruto e nenhum trauma foi gerado, então por pura experiência de vida resolvi fazer de novo com o João e ainda repassar a informação pra frente pois da mesma forma que minha vó que tem 83 anos me passou essas informações e deram certo, achei por bem ajudar outras mães. Mas sei lá, vc me deixou encucada agora... não sei se fiz bem ou bem em expor minha opinião, mas da mesma forma que pesquisei opinião de outras mães e não acatei acho que cada mãe que ler esse post vai ter que ter esse discernimento em me acatar ou não e sempre fazer o que ela achar que for melhor pro seu baby. Ufa falei demais né. Mas de toda forma obrigada por seu alerta.
      Beijim

      Excluir
  2. Olá ! Adorei as dicas a minha avó me deu a mesma dica da babosa , vou tentar aqui . É uma dúvida , você passava o café e deixava o dia todo ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Patricia, eu passava e deixava o dia todo sim, quando eu estava em casa com ele, é claro. Pq ele ficava o dia todo na creche, mas depois das 17 horas eu pegava ele lá já com o peito lambuzado de café.
      Eu tb retocava de vez em quando rsrsrs
      Mas é bem tranquilo, ainda mais se vc gostar de café. Vai ficar com perfume de café por uns dias rsrsrs
      Boa sorte

      Excluir

Olá seja bem vinda aos comentários do blog Depois que você se foi.
Fique a vontade para comentar, então deixe abaixo a sua opinião sincera sobre esse post.
Volte sempre!

Depois que você se foi © . Todos os Direitos Reservados - Por: Gardenya Barbosa.