06/08/2018

Como disfarçar a barriga depois dos filhos


Com o avanço da idade e com a gestação dos filhos, a gente acaba deformando o próprio corpo, é quase inevitável.

Mesmo quem não tem filhos, depois dos 30 o corpo muda, a gente engorda mais fácil, surgem celulites e estrias onde a gente nem imaginava ser possível.

Meu maior problema estético atualmente é minha barriga de pós parto, o problema é que o parto aconteceu a mais de 4 anos e ela ainda não voltou ao normal, e nem vai voltar pelo jeito.

Eu estou em fase de aceitação, ando consumindo muito conteúdo desse tipo, meninas gordas que se amam, meninas magras com o corpo parecido com o meu e que também se amam, acho que esse é o primeiro passo, tentar se aceitar e se amar do jeitinho que você é.

Leia Também: 


Enquanto a aceitação não vem por completo, eu tento descobrir truques para disfarçar a minha barriguinha, pois além das gorduras localizadas, tenho Diástase Abdominal.

Uma abertura no abdomen que acontece naturalmente na gravidez e que deveria voltar a se fechar no pós parto, mas algumas nunca fecham sem ajuda cirúrgica.

Eu poderia resolver o problema com uma cirurgia plástica de abdominoplastia, mas como sempre digo pra vocês: eu sou classe média baixíssima e uma cirurgia dessas não esta no meu orçamento.

Dicas e truques que eu uso para disfarçar a barriga!!


1 -  Cintura Alta


Não pode ser muito alta, o cós deve pegar numa altura que fica abaixo do umbigo. Acontece que se for alta demais a calça/saia de cintura alta pode acabar evidenciando a barriga em vez de esconder.

Aos poucos, dentro das limitações do meu projeto de Armário Cápsula eu já troquei todas as minhas calças, bermudas, saias e leggings para a modelagem de cós alto ou médio.

Cintura baixa nunca mais! Mas como disse acima, se a cintura for alta demais não vai disfarçar, mas vai evidenciar a região pélvica.

2 - Roupas no tamanho certo


Não adianta comprar uma calça de cintura alta no tamanho errado, já cometi esse erro várias vezes, hoje tento aceitar que não uso mais 36.

Sei que para muitas mulheres usar 38 é o sonho de consumo, e eu posso estar parecendo fútil e sem noção agora, mas eu sou baixinha e sempre fui muito magrinha, antes dos filhos eu usava tamanho 32.

Pra mim, para o meu corpo o 36 seria o tamanho ideal, qual seria o seu tamanho ideal? 40? 42? 46? 38? Isso é bem pessoal e você deve considerar seu corpo e seu psicológico pra responder isso.

Mas o 36, mesmo sendo meu tamanho ideal, não me serve mais. F A T O. Tenho aceitado isso e comprado calças 38, elas apertam menos e não marcam tanto a minha barriga.

Acho que essa dica vale para todo tipo de corpo, gordas, magras, tanto faz, use o tamanho certo que o look já vai ficar mais harmonioso.

3 - Calcinhas de Cintura Alta


Essa dica vale para todo mundo também, até para crianças, até pra quem não tem "problemas" com a barriga.

Comecei a comprar calcinhas de cintura alta recentemente e sempre penso o porquê de não ter feito isso antes.

Além de ajudar a colocar a barriga e o culote no lugar, ela não marca tanto o corpo, sendo super confortável também.

Sabe quando você chega em casa depois do trabalho e vai tomar banho, aí quando tira a calcinha tem uma marca enorme na lateral do seu corpo onde a calcinha te marcou e te machucou o dia inteiro?

Com calcinhas de cintura alta isso praticamente não existe! É maravilhoso. SUPER RECOMENDO!!

4 - Aceitar que sua barriga é linda do jeito que ela é!!!


Não é fácil, não acontece do dia pra noite, mas tentar se aceitar também é uma dica aqui. Por que quando você se aceita, você acaba esquecendo que aquilo é um problema.

Olhe a sua volta, onde quer que esteja agora, tem alguma mulher aí que tem mais ou menos sua idade? Ela tem filhos? Como é a barriga dela? 

É tão natural ter a barriga grande que a gente mesma faz disso um problema, entendo que não podemos relaxar e deixar o sobrepeso e baixa autoestima tomar conta.

Pois isso pode causar problemas de saúde reais e graves, tanto de saúde física quanto mental.

Mas podemos trabalhar o nosso psicológico para não nos sentirmos mal com nossos corpos. Diga a si mesma minha barriga é linda, ela mostra minha dedicação como mãe, minhas estrias também.

Mesmo que não acredite nisso, diga até acreditar. O que sua barriga diz sobre você? Que você é mãe? Que você sofre de inúmeros problemas alimentares? O que ela diz? Pense!!

Veja o lado bom, existe um lado bom. Sempre existe. E você só tem que encontrar, mas se não conseguir ver o lado bom, pense em mudar, fazer uma dieta ou juntar dinheiro pra uma plástica, eu não sei, só sei que não devemos nos sentir mal com nossos próprios corpos.


/ / 

Espero que tenham gostado do post, que ele seja útil e que vocês me entendam. Também espero não ter ofendido alguém, e se ofendi já peço desculpas, pois não foi essa a intenção.

Tem alguma dica pra acrescentar aqui? Usa algum outro truque pra disfarçar a barriguinha? Concorda ou discorda com o que falei? Me conta tudo nos comentários!

COMPARTILHE ESSE POT NO SEU PINTEREST






Postar um comentário

Olá sejam bem vindos aos comentários do blog Depois que você se foi.
Fique a vontade para comentar, então deixe abaixo a sua opinião sincera sobre esse post.
Volte sempre!

@depoisquevocesefoi

Depois que você se foi © . Todos os Direitos Reservados - Por: Gardenya Barbosa.