08/11/2015

{Pensamentos} Coisas ruins acontecem!

image

Tem dias que tanta coisa chata acontece na vida da gente né, hoje foi um dia desses, tudo o que podia dar errado, deu! Eu esperei demais de pessoas que não estão nem aí, eu me decepcionei, fui incapaz, fui tola, fui feita de tola, não dormi (sim, estou a mais de 24 horas sem dormir), não consigo desligar! São tantos pensamentos, tanta coisas que eu queria fazer na minha vida, mas não posso! Nem sei porque não posso, só sinto que não seria a saída dos meus problemas!

Ligo a TV e minha assinatura venceu (Sky pré-pago), abro a internet e do nada, decido comprar por três meses o pacote mais caro, sei que não vou ver nem 1/3 deles, mas comprar me faz bem! Infelizmente, comprar alivia minha angústia, ou parte dela, temporariamente é claro, algumas horas depois tudo volta, o mundo volta a esfregar na minha cara o que tem me tirado o sono.

Abro o e-mail e tem uma promoção da C&A, com descontos progressivos, quanto mais se compra, mais desconto! Fiquei tentada, abri minha wishlist  do Armário Capsula e descobri que algumas peças que eu precisava estavam na promoção, vou comprar! Comprei! Ficou bem barato, acho que foi a melhor compra do ano em relação ao preço dos produtos, quando chegar veremos a qualidade!

Ligo a TV, ainda sem meus canais pagos, aff, amanhã é domingo, dia de The Walking Dead, não posso perder, cadê a Fox? Cadê a Disney pra acalmar essas crianças? Calma, não surta!

Vamos para o Facebook, lá participo de um monte grupos legais, é tão fácil se distrair por lá, limpar a mente para o nada! Onde diversas discussões acabam me levando a interessantes descobertas sobre eu mesma ou sobre esse blog, meu blog, meu cantinho! Divago por aqui!

Como fugir da realidade se ela esta bem ali, no sofá te olhando de cara feia enquanto você escreve coisas fúteis em grupos de blogueiras? Como fingir que não se importa? Como fingir que esta tudo bem quando você não consegue mais juntar os cacos, são tanto cacos, tantas quedas, meus cacos viraram farelo, impossível remendar?! Estou quebrada! É tão intenso que é quase literal.

Nessas horas lembro de uma das minhas músicas preferidas:

♫ A vida me ensinou a nunca desistir, nem ganhar, nem perder, mas procurar evoluir …

Meu lema diário começa assim: não desista, não desista, evolua, cresça, você é mais forte que isso, você é capaz, você é uma idiota, você tá cagando em tudo, burra, burra, quão burra você será hoje? Adeus pensamentos positivos, olá fundo do poço!

Minha pálpebra tem tremido muito ultimamente, dizem que é stress, sei lá, tenho medo de surtar, ficar louca, quando a gente passa muito tempo reprimido, sem falar o que sente, uma hora transborda. Tenho amigas que surtaram recentemente, de não falar coisa com coisa, e fazer quebradeira no trabalho, foi o stress, foi as coisas não ditas, as mágoas engolidas com água e analgésicos.

Ligo a TV, já é sábado á noite e ainda não voltou a funcionar, é uma merda isso, já tem quase 24 horas que eu paguei, já comeu o limite do meu cartão. Meu cartão! Tenho limite ainda, queria tanto uma sapatilha vermelha, queria muito muito mesmo. A minha estragou depois de anos de uso e eu amava ela, foi duro ter que jogar no lixo, mas com o meu Projeto Um Ano Sem Sapatos, só posso comprar outra ano que vem, em março do ano que vem! Aff

Liguei o foda-se, postei numa rede social que tinha ligado o foda-se, abri uma loja online e comecei a procurar a bendita sapatilha vermelha, quero uma amarela, uma preta, uma avarca e um tênis branco! Quero tudo, quero aliviar essa coisa na minha cabeça por algumas horas! Quero um pouquinho de paz interior. Preciso disso!!

Na TV esta passando algo sobre o desastre em Minas Gerais, tem tanta gente que está tendo um dia pior que o meu, problemas maiores que os meus! Filhos perdidos, provavelmente mortos, meu problema parece tão insignificante agora, mas ainda tenho um pão velho e bolorento no lugar do coração, um nó na garganta, uma coisa inominável, que nem eu  sei dizer o que é! Coisas ruins acontecem, todo dia, com um monte de gente, em variadas escalas e graus.

Ainda não conclui a compra dos sapatos, meu projeto esta à salvo? quem sabe? Por enquanto! Até a próxima crise de existência. Afinal, quem nunca?

Esse texto foi escrito sábado a noite, não seria postado, era só um desabafo de uma mulher em crise, mas hoje (Domingo), resolvi que ele é bom demais pra ser guardado, e eu já tenho guardado coisas demais só pra mim, então toma internet, leia, opine, divague comigo, vamos tomar uma coca-cola gelada e fingir ser feliz!

Ainda não desliguei o foda-se! Cuidado comigo!

10 comentários so far

  1. Ainda bem que voce nao guardou o texto, esta muito bom mesmo.
    Tambem judio do cartao de credito quando estou ansiosa...Quando eu era estudante e nao tinha NADA de grana, comia meus problemas. Hoje compro, mas algo que as vezes me ajuda eh correr os meus problemas. Ou andar, depende da empolgacao. Uma horinha entre caminhada e corrida, depois ter que lavar essa juba toda, me tira um pouco dessa energia auto-destrutiva.
    Mas ontem nao me aguentei, comprei 2 pijamas pela intern^e, mesmo depois de ter ido a academia. Eu ate estou precisando pois estou no modo mendiga " on" , embora com ctz so um ja estaria de otimo tamanho ( mas ai, pra compensar o frete neh? )
    Bom, vou correr hj de novo, vamos ver se sossego hehehe
    Um beijo e melhoras pra gente

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vou seguir sua dica, vou correr, pode ser que ajude a clarear os pensamentos. E vc parece estar passando por uma crise bem parecida com a minha, mas é a vida né, fazer o quê?
      Bola pra frente! E melhoras pra nós!
      bjim

      Excluir
  2. Uau, que texto bacana. Gostei do estilo da escrita, nunca tinha visto textos seus dessa forma aqui no blog, gostei!!
    Beijo
    Julia T.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahha, tb gostei da minha escrita nesse texto, foi tão natural escreve-lo, acho que vou fazer textos assim mais vezes, escrever e publicar ele aqui me faz mais bem do que uma conversa com uma amiga. Foi bem libertador!
      Que bom que gostou
      Bjim

      Excluir
  3. 27 anos e o retorno de saturno explicam. Calma! Vai passar!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já tinha lido sobre essa crise dos 27, nossa que chato isso né, dizem que ela só passa depois dos 30, quando agente passa a se sentir maravilhosa e poderosa rsrsrsrsrsr tomara que passe logo.
      Muito bom ver seu comentário por aqui, saudades minha amiga!!
      Beijão

      Excluir
  4. Nossa!! Li seu texto ontem e não consegui parar de pensar de como certas coisas fazem mal para nós.
    Eu ando pensando nessas coisas, como eu faço as coisas para os outros, como eu sempre percebo quando as pessoas estão precisando, como me doou e no final...quando sou eu cadê?
    Tenho ótimos amigos, mas pra mim no momento estou me sentindo orfã desses amigos.
    E fico pensando que não devo cobrar isso. Tenho a sorte de ter um excelente marido. mas não fico reclamando disso com ele, e fico guardando tudo pra mim...sendo a fortona.
    Enfim, vc compra e eu como e estou sentido esse peso todos no corpo, afinal nesses últimos tempos foram mais de 30 quilos que ganhei e não tive a coragem de eliminar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Te entendo perfeitamente Celine, dos meus amigos tb sou a fortona, a que ajuda todo mundo quando estão com problemas, a que dá bons conselhos, mas quando o problema é meu, eu que me viro, as vezes nem falo nada, mas poxa, como isso faz mal pra gente, esse nó, esse peso nas costas, acaba impedindo a gente de se amar, de se cuidar, eu tb estou acima do peso, sei que preciso de uma atitude pra mudar de habito, comer bem, fazer exercícios, mas estou tão pra baixo que deixo pra depois, como vc disse falta coragem!
      Isso tem me sufocado, mas escrever esse texto, me fez perceber que só depende de mim, e que eu não vou mais engolir sapo e guardar tudo pra mim, liguei o foda-se e vou falar o que penso, me magoou vai ter que me ouvir, temos tentar voltar e nos amar como pessoas, porque se a gente não ama o próprio corpo, a própria alma, vai amar o que? Não é mesmo?
      Adorei seu comentário!
      Volte sempre viu!
      Beijos

      Excluir
  5. O que tem me ajudado bastante Gardenya, é quando estou assim eu pego a Bíblia e leio os salmos " 91" e o
    "23" e faço uma faxina boa na casa e uma caminhada kkkk coisa de louca né?? Mas fico leve-leve... se cuida e boa sorte pra nós. bjss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que tem faltado isso na minha vida, ler a Bíblia, ir numa igreja, sou tão lerda com as coisas de Deus, posso estar passando pela maior dificuldade que eu não incomodo ele, penso que tem gente que precisa mais dele do que eu, mas ler a Bíblia faz tão bem né.
      Vou seguir suas dicas!
      Bjim

      Excluir

Olá seja bem vinda aos comentários do blog Depois que você se foi.
Fique a vontade para comentar, então deixe abaixo a sua opinião sincera sobre esse post.
Volte sempre!

Depois que você se foi © . Todos os Direitos Reservados - Por: Gardenya Barbosa.