17/01/2012

Te Espero Eternamente

Gentche, eu estou in love com esse filme. Li a recomendação em um dos blogs que leio, o Mais do que qualquer palavra (beijo Gi :*) e fiquei doida atrás do filme para assistir, tentei baixar e nada. Por ironia do destino, assistindo outros filmes online, achei ele. Te Espero Eternamente, é um filme liiiiiiiindo, com história tão simples, e com um personagem que cativa tanto, que fico sem palavras. Aqui fica a recomendação escrita direto do blog Mais do que qualquer palavra, que resume exatamente tudo que tenho a dizer:

"E por que um passo contrário a você parece um passo na direção errada?"

Essa é uma dentre tantas frases que apareceu no filme; frases com sentimento, com sinceridade e com muito amor. Aliás, que filme é esse? Simples, intenso e bonito. Confesso que fazia um tempão que eu não gostava TANTO de um filme como eu gostei desse, porque hoje os filmes de "Romance" perderam um pouco a essência e tem mais apelação para o sexo... como se o amor fosse só isso. Amor é cumplicidade, compreensão e amizade. O amor não é banal, ele tem valores. E é isso que este filme mostra. Sem contar que a fotografia e a trilha sonora é uma graça também, eu amei. Se tiverem oportunidade, assistam... vale a pena! E pra deixarem vocês com mais água na boca, aqui vai mais um trechinho, uma carta de amor do Will e para a Emma:
  "Querida Emma, essas duas palavras, "querida Emma", me levam a uma outra época, quando escrevíamos cartas, depois que mamãe e papai morreram. Eu contava sobre os meus novos amigos e minha nova vida. E você me contava sobre como os seus pais estavam felizes. A verdade não é nada. O que você acredita ser verdade é tudo. E eu acreditava que ficaria com você para sempre. Para sempre. Eu levei tanto tempo para escrever para você, porque percebi que fui um tolo. Passei a minha vida toda me enganando. Toda carta que escrevia era uma carta de amor. Como poderia ser outra coisa? Agora posso ver que todas, menos esta, eram ruins. Cartas de amor ruins imploram pelo amor. Cartas de amor boas não pedem nada. Esta, tenho o prazer de anunciar, é a minha primeira carta de amor boa para você. Porque não há nada mais para você fazer. Você já fez de tudo. Já tenho memórias suas que durarão para sempre. Por favor, não se preocupe comigo. Eu sou "perfeitinho", de verdade. Tenho tudo. Se eu tivesse um desejo, seria de que a sua vida desse a você o gosto da alegria que você me deu. Que você sinta o que é amar. Do seu eterno amigo, Will."
                 
Deu vontade de assistir? Aqui tem o link pra assistir online, pra você que não tem uma locadora próxima da sua casa.
Bom filme! Ah, e se é manteiga derretida, recomendo também uma caixinha de lenços por perto hahaha!
beijo

natalia camargo

3 comentários so far

  1. Que lindo teu blog! Amei de paixão
    To seguinto, to curtindo, e agora to por aqui sempre ;)

    beeijo

    http://dosedebeleza.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Muito Obrigada Jessica, já estou indo ver o seu. bjãooo

    ResponderExcluir
  3. o filme eh realmente encantador.

    eu definiria ele com "perfeitinho"

    x)

    ResponderExcluir

Olá seja bem vinda aos comentários do blog Depois que você se foi.
Fique a vontade para comentar, então deixe abaixo a sua opinião sincera sobre esse post.
Volte sempre!

Depois que você se foi © . Todos os Direitos Reservados - Por: Gardenya Barbosa.