19/01/2012

Decoração com quadros e cartões postais

Como eu disse antes, estou na fase "decoração" da minha vida, só penso nisso, tenho tantas ideias e tão pouco dinheiro pra colocá-las em pratica que fico frustrada com isso, então ando correndo atrás de decoração barata e fofa, algo que seja a minha cara e não custe mais que 10 $ pilas.
Já dei duas dicas de decoração barata aqui, uma com os Bastidores e outra com um quadro legal com uma frase da 2ª guerra mundial, Keep Calm and Cary on. Hoje usei a mesma moldura que usei no quadro do Keep Caml, mas em um tamanho diferente, pretendo colocá-los na mesma parede, quando ela estiver devidamente pintada, odeio meu pintor que não termina logo, em um futuro próximo, eu espero encher essa parede de quadros e bastidores, com imagens, fotos da família e essas coisas fofas, mais ou menos como eu mostrei nesse post Aqui.
Eu coleciono etiquetas de roupas e cartões postais de outros países, então tenho muitos cartões, e essas duas imagens ai, são cartões postais, lindos né. Eu não gosto de cartões com fotos dos pontos turísticos, prefiro com ilustrações e desenhos legais, ou pessoas.
Detalhe: sei que é meio banal a mensagem que os dois cartões juntos passam, mas me apaixonei pelas ilustrações,  a tradução é: prostituta corporativa, dê me cinco.  Mas tem tudo a ver com algumas coisas que já vi muito de perto, então vou deixar assim, como uma mensagem entre linhas que só quem sabe ler inglês vai entender.
Ah, e por prostituta corporativa, quero dizer: aquelas vagabas do trabalho do seu marido/namorado, que vivem dando encima de homem comprometido. Dê me cinco: tem tantas delas, que parece uma feira livre.hahaha

E ai? O que acharam?
a) Doido demais
b) Legal vou copiar a ideia
c) Meuuu Deuuusss você é maluca?
d) NDA - nenhuma das alternativas.
gardenyaslogo

Um comentário so far

Olá seja bem vinda aos comentários do blog Depois que você se foi.
Fique a vontade para comentar, então deixe abaixo a sua opinião sincera sobre esse post.
Volte sempre!

Depois que você se foi © . Todos os Direitos Reservados - Por: Gardenya Barbosa.