01/09/2011

O que ser quando crescer?

Oi Meninaaaas!

Como essa semana, o blog Depois tá bem no "momento reflexão" hahahahaha... vou ter que fazer a minha!
Como sabem, estou no último ano do Ensino Médio (já disse e repito: GRAÇAS A DEUS!!!)... mas aí vem a parte mais difícil, que é a de decidir o que ser da vida! Eu ainda não vou começar faculdade ano que vem, pois o curso que estou fazendo (o de Design de Moda), só termina no meio do ano que vem, então não vai dar pra começar a facul já... mesmo ainda tendo praticamente 1 ano e meio pra pensar, é claro que eu me sinto pressionada por todos os mil lados pra decidir o que vou ser logo! Meus pais perguntam, amigos perguntam, professores perguntam... Bem, até esses anos atrás eu tinha uma coisa na cabeça, até ontem, outra, e hoje, eu mudei denovo! Mas o pior não é ficar mudando toda hora a minha decisão, o pior é não ter idéia do que fazer! Quando eu era mais nova queria porque queria ser professora, passou um tempo quis ser fisioterapeuta, até ano passado queria a área de estética, maquiagem essas coisas, e esse ano quis moda. MAAAAAAAS, pasmem! Acho que cheguei a uma conclusão que ferrou toda a minha vida hahahaha, eu acho que não é Moda que vou seguir! Eu amo sim, acho muito legal tudo isso, tudo que aprendo no curso, nossa, abriu os horizontes do mundo da moda, que pra mim, era só desenhar e costurar. Porém, não acho que seja algo que vou crescer profissionalmente, existem muuuuitos profissionais excelentes nessa área, acho que eu, nessa profissão, seria só mais uma... talvez eu goste, mas como um hobby...
Deu pra perceber a confusão da minha cabeça? hahahaha =/
Já fiz vários e vários testes vocacionais, mais cada um dá uma coisa, e quase nenhum chega em algo que realmente gosto. Acho que é melhor esperar né? Preciso me conhecer com calma, decidir ISSO com calma...!
Me desejem sorte! hahahaha
E você? Que dúvidas tinha? Como decidiu o que ia fazer? E o que é hoje em dia?

um beijo

10 comentários so far

  1. Quando eu estava no 3ª ano tb falava graças a deus, hoje eu daria tudo pra voltar pro colegio, é a melhor coisa da vida e agente não tem a miníma noção de como isso vai fazer falta pra gente, eu tb já quis ser um monte de coisas, até que fiz um curso tecnico de informatica e vi que era aquilo que eu queria fazer pro resto da vida, criar coisas pra internet, mas caara eu demorei ddemais pra chegar na decisão certa do que eu queria. É realmente muito complicado decidir o que queremos ser e fazer.
    Boa sorte amiga!!!

    ResponderExcluir
  2. Compartilho da opinião da Gardenya, nooooossa como eu sinto falta do meu "terceirão",aproveita MUITO!!! que tenha certeza que vc vai sentir muita saudade e teu coração vai ficar pequenininho de tanta saudade =\
    Bom vim compartilhar com vc a minha experiencia, quando estava no 3 ano eu tbm não sabia o que queria fazer, afinal é uma escolha que todo mundo fala "pensa bastante, pq tu vai fazer isso o resto da tua vida" credo! falando assim parece um fardo, mas enfim fui fazer cursinho no ano seguinte e é claro depois de muito pensar fui fazer psicologia Oo fiquei dois anos na faculdade e por mais que tenha gostado não é isso que eu quero fazer, não a minha vocação! Sai da faculdade e por ter feito curso técnico em informática comecei a trabalhar dando aula de, e ja vai fazer um ano que estou trabalhando nisso! E acredite... ano que vem pretendo fazer engenharia civil, sou louca? indecisa? desmiolada? impulsiva? NÃO, NÃO, NÃO E NÃO!
    Apenas estou fazendo o que no momento esta me fazendo feliz, e acredito que fazer essa faculdade vai sim me fazer muito feliz e realizada =D
    Então minha linda não se cobre tanto, talvez as coisas que venham a acontecer nesse período façam vc pensar melhor que profissão pretende seguir!
    Um conselho é pensar no que vc quer? dinheiro? realização pesssol? reconhecimento profissional?

    e o principal... o que vai te fazer feliz?


    Beijão

    ResponderExcluir
  3. Uiii que fase chatinha, eu fiquei que nem você e não tenho muitas saudades dessa época não.
    Eu desde que me lembro quis ser jornalista. Na hora de escolher pra valer eu fiquei com um milhão de dúvidas na cabeça, pensei até em fazer medicina (pai e mãe médicos e nenhum dos 3 filhos seguiu!) e depois pensei em cinema. Acabei fazendo jornalismo e amei, até quase que o fim da faculdade meu sonho era ser repórter. Mas aí o tempo passou, eu amadureci, e vi que não era bem por aí. Depois que me formei fui fazer mestrado em ciência política, deixando muita gente de boca aberta. Já no mestrado eu tinha certeza que emendaria no doutorado, e agora quase mestra, não penso em fazer doutorado tão cedo, quero parar pra dar aula e trabalhar com outras coisas.
    Enfim, essa historinha toda tem como moral que as suas vontades podem mudar, e muito provavelmente VÃO mudar! E essa escolha de agora não tem que ser definitiva, quando a gente entra em contato de verdade com a profissão descobre um monte de coisas que não sabia que eram daquele jeito mesmo, e um milhão de possibilidades dentro da profissão.
    O meu conselho é pensar no que vc gosta de estudar, já que vai passar no mínimo 4 anos estudando isso. Aí depois você vai ter mesmo que dar um rumo mais certo pra sua carreira, e vai fazer isso com um pouco mais de segurança!

    ResponderExcluir
  4. É bem por ai mesmos as coisas, assim como a Beatriz disse, eu fiz 3 longos meses de Biologia, desisti no dia que fomo pro laboratorio e eu tinha que dessecar um sapo, e eu falei pro professor que nem morta eu pegava num sapo, ai ele falou: então que esta fazendo numa faculdade de biologia??? nunca mais voltei na faculdade, mas foi duro contar pra minha mãe que eu tinha desistido, ela ficou muito decepcionada comigo, mas eu falei que não era aquilo que eu queria e que eu não ia desistir de fazer uma faculdade, ai ela aceitou e ficou de boa.

    ResponderExcluir
  5. Eita! Primeira coisa: vc vai sentir falta do Colégio! E quando vc entrar na faculdade, depois vai ficar dizendo que quer formar! Que quer sair, mas vai sentir falta tb! Eu já tô na segunda graduação! E sempre quis ser milhoes de coisas! Mas sempre girei em torno da paixão por Direito. MAs fiquei com medo de perder no vestibular (pode uma maluquice dessas?!) e por isso eu fiz GEografia! Fiquei 8 semestres empurrando o curso com a barriga! Eu gostava, mas não era o que eu queria! Dá pra entender?! Então, num momento de loucura, faltando 1 semestre pra formar eu simplesmente chutei o pau da barraca e fui fazer Direito! Nossa! Que sensação!!! Todo mundo disse que eu era louca, que eu deveria ter me formado! Mas era um "canudo" que de nada me serviria! E eu posso te dizer que eu tô muito, mas muito feliz com a minha decisão! E desde então já quis ser advogada, já quis ser promotora, já quis ser juíza! E já mudei de idéia de novo, agora o que eu quero mesmo é ser Diplomata! E poder falar várias línguas e conhecer o mundo inteiro! E ainda lidar com Direito que é o que eu amo mesmo!
    Então, relaxe! E se no meio do caminho, ou no final mesmo, vc mudar de idéia... jogue tudo pra cima e corra atrás do que vc quer! Afinal de contas, não existe tempo certo pra gente ser feliz!!
    Beijos e Queijos

    ResponderExcluir
  6. Poxa, isso realmente eh complicado, estou na mesma que vc: AMO moda, mas sei que nao seria uma coisa que me "sustentaria" ai parti pra segunda coisa que mais gosto: ANIMAIS e cá estou terminando o curso de zootecnia.
    Pensa muitoooo bem em oq vc gosta, mas sem pressao, pensa somente em vc e no seu futuro, sei que nesse tempo vc vai axar algo.
    mas se por um acaso vc entrar em uma faculdade que nao gostar, mude..vc eh nova, tem muitooo tempo pra isso ainda, vou me formar com 24 anos e mesmo assim vou fazer outra facul. entao nao se preocupe com o tempo. tenha experiencia, acompanhe profissionais que trabalhem na carreira que vc pensa em seguir. e Vá sempre em frente sem medo de errar!
    e TODA SORTE DO MUNDO pra vc.
    Beijos florzinha :*

    ResponderExcluir
  7. gente, eu não sinto a menor falta do colégio. mesmo. e olha que eu gostava de estudar e era, na medida do possível, uma boa aluna.

    o que eu posso te dizer é: pense com carinho. escolha e se não for aquilo, mude. largue tudo e mude. eu fiz três ANOS de uma faculdade que eu não curtia muito, só pq era uma faculdade incrível e super concorrida.

    Olha, não vou dizer que foi fácil abandonar a faculdade um ano antes de me formar, que todo mundo me apoiou na época. mas foi a melhor decisão que tomei na vida.
    Nada paga o prazer de se fazer o que se gosta.

    ResponderExcluir
  8. Acredite, minha querida, você vai sentir falta do colégio, do terceiro ano. Aproveite bem! Foi um dos melhores anos da minha vida.

    Olha, acho maravilhoso você não sair direto do colegial para a faculdade. Todos os meus amigos que o fizeram estão de alguma forma insatisfeitos com o curso. Alguns até trancaram ou transferiram. É importante pensar bem! E se conhecer muito bem. Eu tirei um ano para fazer isso, e fiquei estudando em casa, sozinha, sem cursinho nem nada. Foi a melhor coisa que fiz! Eu tinha muitas dúvidas, queria fazer de tudo. Meus testes vocacionais sempre davam "empate" entre diferentes áreas. Depois de terminar toda a euforia do ensino médio, decidi que era preciso escolher. Foi aí que ignorei a pressão alheia, as opiniões e me concentrei em mim, no que eu gostava, no que eu era boa, no que eu não era. Pesquisei muito na Internet e ao fim de quatro, cinco meses, tinha me decidido.

    Hoje, faço engenharia ambiental, na USP. Estou no quarto período e não poderia estar mais satisfeira. Valeu muito a pena. (:
    Na época, fiz muitos posts sobre vestibular e essas coisas no meu blog. Talvez ajude http://semformolnaoalisa.blogspot.com/2009/07/narizes-torcidos-e-um-mundo-bonito.html

    Boa sorte!!

    ResponderExcluir
  9. Oi Dani, que bom vc comentando por aqui, eu adoro suas postagens, já até citei algumas suas aqui no Depois, bem vinda e ótimas dicas essas que você deu!

    ResponderExcluir
  10. Nooooooooossa meninas, li CADA história, não tem noção COMO me ajudaram... realmente abri meus olhos, e percebi que minhas vontades vão mudar, e que a decisão que tomar, não precisa ser definitiva pro resto da vida, ainda tenho tempo pra mudar, e quem sabe como a Beatriz disse, ir fazendo o que me deixa feliz no momento.
    E as histórias de vocês (Gar, Jéssica, Beatriz, Angela, Mistika, K e Dani) me ajudaram demais, amei saber da experiência de vocês e saber que esses trilhões de dúvidas não é só comigo! Obrigada mesmo pelos desejos de Boa Sorte, e quando eu tiver me decidido, vou lembrar de vocês! hahahahahaha

    beijoooooooooooo

    ResponderExcluir

Olá seja bem vinda aos comentários do blog Depois que você se foi.
Fique a vontade para comentar, então deixe abaixo a sua opinião sincera sobre esse post.
Volte sempre!

Depois que você se foi © . Todos os Direitos Reservados - Por: Gardenya Barbosa.