20/06/2011

Pequenas ações para tentar mudar o mundo.

Ando querendo mudar o mundo, mas sei que sou uma formiguinha no meio de um deserto, as vezes me sinto  impotente, mas logo me animo e volto ao meu lema, que é: 'EU estou fazendo a minha parte', minha forma de tentar mudar o mundo é simples, eu estou sendo mais consciente com os lixos que produzo, procuro não comprar produtos com embalagens desnecessárias, quase não uso mais sacolas plásticas e minha próxima ação é plantar uma árvore junto com minha filha lá no fundo do meu quintal.
Parece clichê falar de reciclagem, aquecimento global e essas coisas, mas eu tenho uma experiência diferente pra contar. Eu achava esse negocio de cuidar do meio ambiente uma bobagem, uma coisa de quem gosta de aparecer e se mostrar o bonzinho, duvidava que alguém seria capaz de deixar de jogar um papelzinho de bala no chão caso não tivesse lixeira por perto.
Até que comecei a ver com meus próprios olhos a natureza mudar e vi coisas legais deixar de existir, no fundo da casa do meu vó, na fazenda dele, na época da chuva sempre aparecida um olho de água que virava um corguinho, era pequeno, mas todo ano estava lá, as crianças adoravam, era a maior diversão, esse ano ele não apareceu, a natureza não produziu o olho de água que fazia aquela água correr durante meses, porque choveu bem menos, choveu menos porque o bom e velho aquecimento esta ai na nossa cara e a gente finge que não vê.
Agora quero fazer a minha parte, sei que o que faço ainda é pouco e eu poderia fazer mais, sei que para a natureza só o que eu faço não vai mudar nada, mas quero que mais pessoas mudem seus pensamentos como eu mudei o meu, quero que meus bisnetos vivam em um mundo tão bom quanto eu vivo agora.
Por isso vim convidar todas as minhas leitoras: Vamos mudar o mundo? Vamos fazer pequenas ações positivas que podem fazer o nosso planeta um lugar bem melhor pra se viver? Eu tô dentro!!!

Postar um comentário

Olá seja bem vinda aos comentários do blog Depois que você se foi.
Fique a vontade para comentar, então deixe abaixo a sua opinião sincera sobre esse post.
Volte sempre!

Depois que você se foi © . Todos os Direitos Reservados - Por: Gardenya Barbosa.