30/11/2010

Sapatilha Moleca – Eu Amo!

Quero ver quem não tem uma sapatilha moleca em casa? Garanto que são poucas as pessoas que não possuem uma dessas sapatilhas. Eu sou amante assumida delas, mesmo quando era só aquela pretinha que toda vó usa, eu tinha uma, imagina agora, que elas estão fashions e da moda.

Escolhi as que eu achei mais bonitas, e vejam só os preços, como são acessíveis. Acho que é por isso que a Moleca passa de geração em geração sem sair da moda e sem deixar de ser sucesso. É até engraçado, mas se você quer fazer minha vó feliz, dá uma moleca pra ela, mas tem que ser das antigas, aquelas flexíveis com elástico na frente. Quando eu era adolescente eu até lancei moda na escola usando moleca de ‘velha’, no começo a galera me zoava, mas como eu era descolada, o povo começou a copiar e virou modinha.
E vocês vão de moleca?
Beijos
Gardenya Barbosa
Esse post não é patrocinado.

2 comentários so far

  1. Gardenya, há meses paquero uma, mas só há pouco tempo comprei (isso pq o sapato q eu estava no dia me machucou e precisava de outro urgente). Não comprei a que paquerava, mas uma jeans linda e confortável que não tiro do pé! Lembra q antigamente só velha usava Moleca (na época em q só vendiam confortáveis e horrorosos modelos de tecido?). Graças a Deus inovaram e podemos nos deliciar tb no seu conforto e beleza.

    Bj

    Flávia
    www.conexaoflavia.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Eu amoooo a Moleca, tenho de onça, de verniz preta e to namorando uma xadrez bem molinha...acho super confortável, minha mãe tbm só usa Moleca pq diz q não machuca os pés...desde novinha eu ja usava, uma vez peguei uma daquelas brancas com elástico na frente e pintei um monte de caveirinhas nela toda, com caneta pra tecido...foi un sucesso, até quem zoava começou a curtir!!!! Vida longa às Molecas, ever!

    ResponderExcluir

Olá seja bem vinda aos comentários do blog Depois que você se foi.
Fique a vontade para comentar, então deixe abaixo a sua opinião sincera sobre esse post.
Volte sempre!

Depois que você se foi © . Todos os Direitos Reservados - Por: Gardenya Barbosa.