10/09/2010

Cabelos Crespos de dar Inveja!

Olá amigas!
Se antigamente eles eram sinônimo de trabalho e dificuldade de cuidar, hoje em dia, com a infinidade de novos produtos lançados e com a valorização do 'natural' os cabelos crespos tem tido seu up, nos últimos tempos.
Para arrasar com os fios crespos, não basta simplesmente acordar, soltar os fios e sair desfilando por aí. Apesar dos produtos facilitarem a vida das 'crespas', este tipo de cabelo continua exigindo alguns cuidados especiais.
Adriana Bombom

Para que eles fiquem bonitos, com aspecto natural e saudável, é necessário manter alguns cuidados.
Como os cabelos crespos são encaracolados desde a raíz, tendem a ser mais opacos e ressacados, por isso é bom manter uma boa hidratação semanal. Utilize produtos específicos para o cabelo crespo. Aposte nos produtos à base de mameleuca ou derivados de silicone, colágeno e de elastina, proteínas, óleos e extratos vegetais, ceramidas e vitamina E, que repõem nutrientes e ajudam a unir as pontas duplas.


Taís Araújo

Tem gente que não acredita, mas manter uma dieta equilibrada, rica em proteínas, verduras, legumes e bastante água, ajuda bastante a manter, não só os cabelos, mas tembém a pele muito bonita e saudável. "Uma boa opção é investir, sem exagerar na dose, em frutas como o abacate, que são mais gordurosos e ajudam a manter a oleosidade dos fios", explica Felix Filho, do salão Honma Tokyo.


Negra Li

Um bom corte é uma das principais armas contra o volume dos fios. No caso dos cabelos crespos, ele ajuda a remover as pontas ressecadas e manter o penteado em dia. "Cada cabeleireiro tem sua técnica, mas todos concordam que o corte reto deve ser evitado. Com o cabelo todo no mesmo comprimento, o volume acumula-se nas pontas. O resultado é um corte triangular, com pouco volume na raiz e muito nas extremidades", explica Félix Filho.
O ideal é manter os fios mais desfiados, que dão leveza ao visual.
Depois de lavar e enxaguar os fios, use um pente de dentes largos para desembaraçar, depois aplique o Leave-in (creme sem enxágüe). Evite penteá-los a seco.

Procure penteá-los quando ainda estiverem úmidos, para manter sua estrutura intacta. Desembarace-os cuidadosamente, iniciando sempre das pontas até a raiz: "os dentes largos ajudam a evitar que os fios se quebrem e ajudam a manter a eletricidade dos fios", explica Félix Filho.

Depois de secos e modelados, podem restar alguns fios arrepiados, por isso, use finalizadores como pomadas, ceras ou silicone para baixar o frizz. "Basta espalhar uma pequena dose do produto nas palmas das mãos e distribuir nos fios. Os movimentos devem ser suaves do comprimento em direção às pontas", diz Félix Filho.


Carol Macedo (A Kelly de Passione)


Relaxamento... Fazer ou Não fazer????

O relaxamento (ou amaciamento) pode ajudar a reduzir o volume, amenizar a rebeldia dos fios e soltar os cachos. Esse processo é menos agressivo do que os alisamentos, mas o grande desafio para quem pretende lançar mão desse artifício é encontrar um profissional especializado na técnica. Cabe a ele fazer o diagnóstico do fio e indicar o tratamento certo para cada caso, garantindo a saúde do cabelo. Quem optar pelo relaxamento deve fazer um teste em uma mecha para detectar possíveis alergias.

Feito o processo, os tratamentos hidratantes devem ser redobrados. Isso porque o relaxamento rouba queratina dos fios e altera sua estrutura. Se esses cuidados não forem tomados, o resultado pode decepcionar. 'Costumo dizer para minhas clientes que elas precisam abrir uma poupança se quiserem fazer um relaxamento', diz o cabeleireiro Eron Araújo. Por isso, se a intenção for economizar em tempo ou dinheiro, esta não é uma boa saída. Nesse caso, vale a pena assumir o movimento natural dos fios e tratá-los de maneira menos agressiva. Ganha-se em estilo, tempo e economia.
Enquanto tá molhado tá lindo, mas quando seca...

O cabelo crespo pode amanhecer muito armado, principalmente em dias úmidos. Ao acordar, os fios podem ser modelados com o creme sem enxágüe ou com os finalizadores (veja Modelagem e Toque Final), usando a mesma técnica do dia da lavagem. O mais indicado é optar por produtos com oleosidade média, para evitar que os fios fiquem com aspecto de sujo. 

Um truque usado para evitar que os cabelos armem durante a noite é dormir com uma trança frouxa, presa com elástico revestido de tecido, que não quebra os fios.

Assumindo a cabeleira...

Durante o primeiro semestre deste ano, decidi assumir a cabeleira cacheada. Enquanto estava usando-os encaracolados, até achava bacana, mas agora, que voltei a alisar, confesso que me sinto melhor e com mais auto-estima. Com certeza essa coisa de assumir crespos ou não é uma coisa bem particular. Apesar de achar lindoooooo as madeixas da Taís Araújo, da Sheron Menezes e de outras várias lindas mulheres que assumiram a cabeleira crespa, acho que depende muito do tipo de rosto, do tempo e da disposição de cada uma para manter cabelos crespos/cacheados...

E vocês? Assumem a cabeleira natural ou são adeptas da chapinha como eu?!?!


Madeixas escovadas
Madeixas naturais





Fontes:
Corpo e Saúde
Revista Marie Claire

Um comentário so far

  1. Gabi, eu tenho cabelo crespo e NUNCA alisei!!!!! Usei muito curto, joãosinho mesmo, quase 20 anos, mas com tanto produto resolvi deixar crescer. E valeu a pena! Eu me dou bem com eles, qdo ficam feios, é só prender ou lavar. E fico diferente de todo mundo! É como vc disse, depende de cada pessoa. Felizmente eu e meu cabelo somos um caso de amor!
    Bjos!

    ResponderExcluir

Olá seja bem vinda aos comentários do blog Depois que você se foi.
Fique a vontade para comentar, então deixe abaixo a sua opinião sincera sobre esse post.
Volte sempre!

Depois que você se foi © . Todos os Direitos Reservados - Por: Gardenya Barbosa.